cesta de compras  
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS
25 anos TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS
A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados Como comprar Fale conosco Início do site
A Lanterna na Popa

Memórias do economista, ministro e deputado federal, um bem escrito panorama da política, do poder e da economia brasileira e mundial nas últimas cinco décadas do século XX. Desde o lançamento, em setembro de 1994, tornou-se um clássico livro de referência sobre o Brasil e se transformou em best-seller, merecendo elogios entusiasmados de leitores de todos os segmentos sociais, de Paulo Francis a Augusto Nunes, de Wilson Martins a Fernando Morais, de Caetano Veloso a Carmen Mayrink Veiga.

Roberto Campos
2 volumes - 1.460 pgs
R$ 162,90

Anônima Intimidade

Poemas escritos sobre guardanapos de papel, em viagens na ponte aérea Brasília-São Paulo, revelam o lado íntimo do atual presidente da República, o paulista Michel Temer. Advogado e doutor em Direito pela PUC/SP, publicou vários livros na área jurídica, um deles com mais de 250 mil exemplares vendidos. Dos 120 poemas aqui recolhidos, vários são dedicados  a pessoas, outros expõem histórias de juventude, e há mesmo alguns premonitórios, que à época do lançamento, em 2012, já evocavam a turbulência política pela qual o país vem passando. Com belas ilustrações do artista Ciro Fernandes e prefácio do jurista Ayres Britto.

Michel Temer
165 pgs
R$ 39,00

Como nascem os monstros / A história de um ex-soldado da PM-RJ

Nesta surpreendente obra de estreia, em que exibe uma escrita fluente e ágil, o ex policial RODRIGO NOGUEIRA – carioca, casado, 31 anos, um filho de 3 (à época do lançamento, 2013) – recorre à sua biografia para contar a dramática trajetória de um soldado da PMERJ. Rafael, o jovem protagonista, entra na carreira cheio de boa fé, acreditando ter a missão de defender a sociedade, mas o convívio com colegas mais velhos, curtidos na lida diária com bandidos de todo tipo, acaba por contaminá-lo.

Rodrigo Nogueira
608 pgs
R$ 69,00

D. João VI no Brasil

Lançado originalmente em 1909, este clássico da historiografia brasileira teve uma segunda edição apenas em 1945, e depois ficou mais de meio século fora das livrarias: somente em 1996 ganhou sua terceira edição, pela Topbooks, saudada com entusiasmo pela imprensa especializada. Passados 10 anos, saiu com nova capa, mais bonita, a quarta edição desta obra-prima do historiador pernambucano, a quem Gilberto Freyre referia-se como “Dom Quixote gordo”.

Oliveira Lima - Prefácio de Wilson Martins
790 pgs
R$ 69,00

O que sei de Lula

Jornalista combativo, José Nêumanne Pinto escreveu uma biografia não autorizada de Luiz Inácio Lula da Silva, desfazendo mitos e restabelecendo a verdade sobre o maior líder político brasileiro que, na opinião do autor, nunca foi um homem de esquerda. O livro ajuda a reflexão ética e política. As suas páginas ultrapassam a figura do suposto pai da Pátria. Elas narram, em surdina, o golpe político encenado pelos que se abrigam no Partido dos Trabalhadores e em agremiações similares. O seu relato segue o preceito de Tucídides e Tácito: nada adiantar sem provas e, sempre, manter a isenção de ânimo.

José Nêumanne Pinto
522 pgs
R$ 69,00

O Rio de Janeiro Imperial

Muito bem documentado, O Rio de Janeiro Imperial retrata a vida pública e privada do período de maneira exemplar, desde a chegada tumultuosa da família real portuguesa, em 1808. Obra que não pode faltar na biblioteca de quem se interessa pela cidade do Rio de Janeiro, é também uma importante contribuição histórica e sociológica à cultura brasileira.

Adolfo Morales de los Rios Filho
552 pgs
R$ 60,00

"Fazer um livro não significa mérito nenhum se este livro não melhora as pessoas", disse o poeta inglês Samuel T. Coleridge, e tal lema vem norteando o trabalho da editora TOPBOOKS desde 1990, ano da sua primeira edição.

Para ler mais informações sobre cada livro editado pela TOPBOOKS clique na respectiva capa. E, se gostar, aproveite o desconto de 20% no preço de lista em todos os títulos do catálogo. Somente para compras pelo site.

CATÁLOGO LANÇAMENTOS
O Mal sobre a Terra - uma história do terremoto de Lisboa

Primeira leitura brasileira sobre o terremoto que destruiu Lisboa em 1755, este livro analisa os múltiplos significados da catástrofe a partir dos depoimentos dos sobreviventes. Num texto que se aproxima do romance policial, a autora, doutora em História, tenta colher o que Foucault chamou de "o grão dos dias", aquele que se espalha pelos documentos como farinha opaca. Para o também historiador Ronaldo Vainfas,  este “é, talvez, o principal livro dentre tantos escritos por Mary del Priore, um presente para a historiografia. Antes de tudo porque reconstitui, sob todos os ângulos, a tessitura de um fato histórico geral sem recuar diante dos detalhes mais ínfimos que o impacto do célebre terremoto ensejou no meado do século 18”. Segunda edição revista, com caderno de ilustrações (16 páginas).

Mary del Priore
324 pgs
R$53,90
Retratos do Império / Os Orléans, os Saxe-Coburgo e outras personalidades da época

Escritor fecundo e de claro estilo, autor e/ou organizador de 74 livros, o diplomata Vasco Mariz – de quem a Topbooks já editou La Ravardière e a França Equinocial (em parceria com Lucien Provençal) e Temas da política internacional, além de uma antologia de contos de Ribeiro Couto, de quem foi amigo, com organização e apresentação suas – reúne aqui uma bela coleção de perfis de figuras importantes do período imperial brasileiro. Com seu estilo claro e irreveren-te, este intelectual íntimo dos arquivos nacionais e estrangeiros traz para o público uma obra que se lê com gosto, tal a riqueza de informações que contém, e que vem enriquecida por um belo caderno de fotos de 16 páginas.

Vasco Mariz
256 pgs
R$39,90
A Cidade do Rio Grande

Para esclarecer como se formou a civilização rio-grandense, o jornalista Willy Cesar percorreu conteúdos de história, paleontologia, arqueologia, administração pública, política e eleições, guerras e táticas militares, religiosidade,  assistên-cia social, comércio e indústria, agricultura, gastronomia, urbanismo e saneamento, arquitetura, engenharia civil e naval, educação, cultura, artes e ofícios, esportes de remo, vela, futebol, basquete, atletismo e outros, turismo e eventos, meio ambiente, medicina e saúde, justiça, crime e castigo, jogos de azar, modais de transportes, comunicação social, lendas urbanas – enfim, quase nada escapou. Este livro, de conteúdo e estética essencialmente jornalísticos, é uma grande – e excelente – reportagem sobre Rio Grande e sua população.

Willy Cesar
540 pgs
R$63,90
A educação pelo abismo

Como explica em nota introdutória o organizador, “esta antologia comporta três seções, correspondendo a grandes linhas da poesia de Antonio Ventura”. A primeira concentra “as constantes indagações de natureza metalinguística que marcam a produção do autor”; a segunda “recolhe poemas cuja tônica é a indagação existencial, a vida humana frente aos limites que a cerceiam, e os desafios para a ultrapassagem desses limites”, e a última reúne as “celebrações de amizade e de amor entoadas pela palavra agregadora do poeta”. A edição luxuosa traz vinte ilustrações, assinadas por vários artistas, além de 19 desenhos do próprio Ventura, de quem a Topbooks já editou dois livros: O guardador de abismos (2014) e O catador de palavras (2011).

Antonio Ventura
174 pgs
R$34,90
Cancioneiro

Este livro de arte, que reúne 13 criações do poeta Ferreira Gullar como letrista de canções, ilustradas por gravuras de Ciro Fernandes, marca os 25 anos da Topbooks, completados em agosto de 2015. As letras foram escritas para compositores famosos, a começar pelo “Trenzinho do caipira”, de Villa-Lobos, que Gullar publicou no livro Poema sujo (1976) e depois foi gravada por vários intérpretes. Entre os outros autores das músicas estão Caetano Veloso, Milton Nascimento, Paulinho da Viola, Sueli Costa e Fagner. Edição limitada, sem desconto no site; 300 exemplares numerados.

Ferreira Gullar / Ilustrações de Ciro Fernandes
95 pgs
R$79,90
A invenção republicana / Campos Sales, as bases e a decadência da Primeira República brasileira

Apontado por mestre Antonio Candido como ”um dos estudos mais penetrantes (...) sobre o mecanismo político da República Velha", este livro ganha em 2015 uma terceira edição, revista e com mais 100 páginas, além de prefácio do jurista Celso Lafer.  Para Angela Alonso, professora da USP e presidente do Cebrap, trata-se de obra “indispensável para quem deseja entender os dilemas e impasses do início da República” . Doutor em Filosofia, Danilo Marcondes ressalta que Renato Lessa compôs uma “análise histórica e política que desfaz alguns dos mitos mais centrais de nossa tradição”.

Renato Lessa / Prefácio de Celso Lafer
335 pgs
R$47,90
Promenades do Rio – A turistificação da cidade pelos guias de viagem de 1873 a 1939

Com 48 páginas a cores e mais de 100 ilustrações, esta obra conta a história do turismo no Rio de Janeiro através do estudo de 22 guias para viajantes, publicados entre o final do século 19 e o início do 20. Escrita pela designer e historiadora Isabella Perrotta, mostra o nascimento da vocação turística da cidade, quando ela se valia de praças em vez de praias, de bondes e trens em vez de ônibus e carros, os bairros eram chamados de freguesias eclesiásticas e as cercanias de arrabaldes. Este belo livro faz parte da Biblioteca Rio450, composta por cerca de 20 obras patrocinadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro. Clique na capa e leia também a reportagem da revista Veja Rio.

Isabella Perrotta
272 pgs
R$39,90
O reconhecimento do Império – História da diplomacia brasileira

Lançada em 1901, esta obra fundamental da historiografia nacional só agora, 114 anos depois, ganha segunda edição. Autor de outros quatro livros publicados pela Topbooks – Dom João VI no Brasil, Formação da nacionalidade brasileira, O movimento da Independência e No Japão / Impressões da terra e da gente – o historiador e crítico pernambucano Manuel de Oliveira Lima (Recife, 1867 – Washington, 1928), membro da Academia Brasileira de Letras,  foi embaixador do Brasil em vários países  e era admirado pelo conterrâneo Gilberto Freyre, que o chamava de “Dom Quixote gordo”.  A nova edição ganhou textos dos historiadores Leslie Bethell (prefácio) e Mary del Priore (apresentação).

Oliveira Lima
224 pgs
R$43,90
As 7 pragas do Brasil moderno

Depois de discorrer sobre a inveja, o ódio e a importância da vocação no desenvolvimento do ser humano, em três livros de sucesso lançados pela Topbooks, o jornalista, advogado e empresário Joaci Góes afina sua verve na análise dos principais problemas brasileiros: educação, saúde, segurança, corrupção, impunidade, infraestrutura e pluripartidarismo. No prefácio, o ministro aposentado do STF Carlos Ayres Britto qualifica o autor de “agudo analista da cena institucional cotidiana”.  Para José Nêumanne Pinto, “se for incapaz de entender o recado incômodo expresso neste livro, o Brasil será também uma causa perdida”.

Joaci Góes
130 pgs
R$34,90
Minhas recordações

O político mineiro Francisco de Paula Ferreira de Rezende ( 1832 – 1893) foi ministro do Supremo Tribunal Federal e vice-governador de Minas Gerais.  Publicou dois livros – O Brasil e o acaso e O julgamento de Pilatos, ou Jesus perante a razão e os Evangelhos – e deixou outros dois prontos ao morrer, um deles este encantador livro de memórias   que Octavio Tarquínio de Sousa , no prefácio à primeira edição  (1944), chamou de “documento de excepcional valor acerca da vida social e de família, dos costumes, das tradições, de tudo que é mais característico do Brasil e, particularmente, de Minas Gerais, entre os anos de 1830 a 1890”. Esta segunda edição ganhou novo prefácio da historiadora Mary del Priore.

Francisco de Paula Ferreira de Rezende
508 pgs
R$68,90
Três Peças (Minna von Barnhelm / Emilia Galotti / Nathan, o sábio)

Com organização, tradução e posfácio de Marcelo Backes, doutor em germanística e romanística pela Universidade de Friburgo, Alemanha, este livro reúne três obras-primas do grande representante do Iluminismo alemão Gotthold Ephraim Lessing (1729-1781).  A primeira peça, de1763, é uma comédia; a segunda  (1772) uma tragédia, e a terceira (1779) um poema dramático, todas divididas em cinco atos. Para Otto Maria Carpeaux, Lessing foi “o maior crítico literário do século XVIII”.  Heinrich Heine vai além, e afirma: “É notável que o homem mais chistoso da Alemanha tenha sido também o mais honrado”.

Gotthold Ephraim Lessing
509 pgs
R$72,90
A História vivida - Entrevistas
“A história recente do Brasil contada, em entrevistas, pelos que nela ocuparam posição de destaque, seja pela sua ação, seja pelo seu pensamento, ou por ambos – políticos, sociólogos, economistas, militares, empresários, sindicalistas, cientistas, escritores, juristas, religiosos. Em outubro de 1977, apresentamos esse projeto a Júlio de Mesquita Neto, diretor de O Estado de S. Paulo, que logo o aprovou e lhe deu apoio constante durante os mais de três anos que durou o trabalho”. Começa assim o texto de apresentação de A História vivida, escrito pelo jornalista Lourenço Dantas Mota, seu coordenador, em janeiro de 2014, quando a Topbooks iniciou a produção desta segunda edição aumentada do livro, com quase 1.500 páginas.
Vários autores / Coordenação: Lourenço Dantas Mota
1.458 pgs
R$129,90
Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior

TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.

RUA VISCONDE DE INHAÚMA, 58 / SALA 203 - RIO DE JANEIRO CEP 20091-000
Copyright © Topbooks, 2003 -
É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

 

tags: EDITORA, EDITOR, LIVRO, LIVROS, AUTOR, AUTORES, EDIÇÃO, EDIÇÕES,
BIOGRAFIAS, MEMÓRIA, ENSAIOS, DICIONÁRIOS, HISTÓRIA, HUMOR, INFANTOJUVENIL,
JORNALISMO, LIBERTY CLASSICS, LITERATURA, LUGARES, POESIA, POLÍTICA, ECONOMIA, RELIGIÃO