cesta de compras  
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS
A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados Como comprar Fale conosco Início do site
Como nascem os monstros / A história de um ex-soldado da PM-RJ

Nesta surpreendente obra de estreia, em que exibe uma escrita fluente e ágil, o ex policial RODRIGO NOGUEIRA – carioca, casado, 31 anos, um filho de 3 (à época do lançamento, 2013) – recorre à sua biografia para contar a dramática trajetória de um soldado da PMERJ. Rafael, o jovem protagonista, entra na carreira cheio de boa fé, acreditando ter a missão de defender a sociedade, mas o convívio com colegas mais velhos, curtidos na lida diária com bandidos de todo tipo, acaba por contaminá-lo.

Rodrigo Nogueira
608 pgs
R$ 69,00

Como vencer um debate sem precisar ter razão

Se você não tem como convencer seu interlocutor, faça com que ele se perca nos próprios argumentos: desvie o foco, mude para outro assunto que você domine melhor, leve a discussão para um beco sem saída! Aqui, a dialética do filósofo alemão Arthur Schopenhauer vem acrescida de introdução, comentários e notas do filósofo brasileiro Olavo de Carvalho, um expert no desmascaramento da pseudoargumentação. Quem gosta de debater na internet não pode perder esse guia refinado!

Arthur Schopenhauer
260 pgs
R$ 34,90

Manual do canalha – Uma estética machista para o terceiro milênio

Millôr Fernandes, em sua coluna na Veja, recomendou com entusiamo este livro: “Perfeito manual de canalhice. Obra-prima no gênero. Dei uma gargalhada por página”. Numa época em que qualquer comentário sincero é apontado como “politicamente incorreto”, o autor mostra sua verve e coragem: tudo é tratado com deboche e irreverência, na contramão do consenso e do lugar-comum, levando o leitor a refletir sobre mitos e preconceitos enraizados na sociedade. E a morrer de rir!

Simão Pessoa
234 pgs
R$ 39,00

O Mal sobre a Terra — Uma história do terremoto de Lisboa

Em 1755, no Dia de Todos os Santos, um terremoto com intensidade calculada em torno de nove graus na escala Richter (desenvolvida em 1935), seguido de forte maremoto, destruiu em 15 minutos quase todo o centro histórico da capital portuguesa, matando entre 20 mil e 85 mil pessoas, segundo as diferentes fontes. Essa tragédia é contada pela premiada historiadora Mary del Priore em ritmo de romance policial, enriquecido por um caderno de 16 páginas com ilustrações de época.

Mary del Priore
324 pgs
R$ 53,90

Poesia completa — Edição bilíngue comemorativa

“Eu escrevia silêncios, noites, anotava o inexprimível. Fixava vertigens”. Jean-Nicolas Arthur Rimbaud (1854-1891) é um mistério humano e um enigma literário ainda não inteiramente decifrado, e situar sua figura e sua obra no contexto da literatura francesa moderna tem sido a profissão da vida inteira de estudiosos como Ivo Barroso. Esta é a aplaudida edição bilíngue em comemoração aos 150 anos de nascimento do poeta de Charleville, festejados em 20 de outubro de 2004.

Arthur Rimbaud
392 pgs
R$ 43,00

Promenades do Rio – A turistificação da cidade pelos guias de viagem de 1873 a 1939

A designer e historiadora Isabella Perrotta revela neste belo livro, com 48 páginas a cores e mais de 100 ilustrações, a presença do Rio de Janeiro no mundo oitocentista – na literatura de viagem, na paisagem, nas estampas, nos panoramas e feiras – e mostra como se deu a transformação da cidade em destino turístico. Numa época em que não havia Cristo Redentor nem bondinho do Pão de Açúcar, os principais atrativos cariocas eram praças, teatros, esportes, hotéis e até mesmo universidades.

Isabella Perrotta
272 pgs
R$ 39,90

"Fazer um livro não significa mérito nenhum se este livro não melhora as pessoas", disse o poeta inglês Samuel T. Coleridge, e tal lema vem norteando o trabalho da editora TOPBOOKS desde 1990, ano da sua primeira edição.

Para ler mais informações sobre cada livro editado pela TOPBOOKS clique na respectiva capa. E, se gostar, aproveite o desconto de 20% no preço de lista em todos os títulos do catálogo. Somente para compras pelo site.

EVARISTO DE MORAES FILHO faleceu na sexta-feira, 22 de julho de 2016, aos 102 anos. Autor de vasta obra que abrange o campo da sociologia, dos estudos históricos e do direito, notadamente o direito do trabalho, foi um dos mais brilhantes intelectuais da história do país.

A editora TOPBOOKS, que se orgulha de ter o nome de Mestre Evaristo em seu catálogo, presta-lhe aqui pequena homenagem.

o autor Evaristo de Moraes Filho
CATÁLOGO LANÇAMENTOS
Briggflatts

Basil Cheesman Bunting (1900-1985) é o poeta inglês mais conhecido nos Estados Unidos, mas até hoje sua obra não ganhara tradução no Brasil. Único britânico a participar do movimento modernista de língua inglesa liderado por Ezra Pound e T. S. Eliot, Bunting só se tornou famoso aos 66 anos, após a publicação de Briggflatts, em que explora a linguagem e a cultura de sua terra natal. Para  Felipe Fortuna, que assina a tradução, o prefácio e as notas da primeira edição brasileira do poema, Bunting é “muito direto e objetivo, e não se deixa levar por metáforas fáceis e imagens simples”. No poema, ele imagina como seria sua vida se tivesse ficado com a moça por quem se apaixonou aos 14 anos, o que leva Fortuna a comparar Briggflatts à Divina Comédia, em que Dante desce ao Inferno em busca de sua Beatriz.

Basil Bunting
168 pgs
R$39,90
Clássico por amadurecimento — Estudos sobre Raízes do Brasil

Mestre em relações internacionais pela PUC/RJ, o ensaísta e diplomata Luiz Feldman propõe aqui uma nova leitura do clássico Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda, através de uma densa comparação entre suas três primeiras edições (de 1936, 1948 e 1956). No substancioso prefácio, o cientista social Robert Wegner afirma que “o que singulariza o trabalho de Feldman daqueles que o precederam é a forma pela qual (...) interpela a obra de Sérgio Buarque e dialoga com os seus intérpretes”. Para o historiador José Murilo de Carvalho, o autor, ao empreender essa pesquisa, “presta relevante serviço à nossa história intelectual, sem diminuir em nada a relevância adquirida pela obra” – que completa 80 anos em 2016.

Luiz Feldman
305 pgs
R$46,90
A menina que engoliu o sapo

Com capa dura e mais de 30 ilustrações coloridas de Miriam Lerner, que também assina a capa e o projeto gráfico, este belo livro narra em linguagem poética a história de uma menina que vive num castelo e sofre quando o pai vai embora de casa. Dilma Bittencourt construiu um texto lírico sobre ausência, incompreensão e preconceito, no qual o tempo é o principal personagem: a protagonista, que engoliu o sapo de ver partir seu amado pai, vai amadurecendo na espera por sua volta, enquanto passam as estações do ano. Usando a filosofia como base, a autora apresenta aos jovens leitores uma gama ampla de vocábulos mais sofisticados, coisa rara de se ver na literatura infantojuvenil.

Dilma Bittencourt
110 pgs
R$29,90
Retratos do Império / Os Orléans, os Saxe-Coburgo e outras personalidades da época

Escritor fecundo e de claro estilo, autor e/ou organizador de 74 livros, o diplomata Vasco Mariz – de quem a Topbooks já editou La Ravardière e a França Equinocial (em parceria com Lucien Provençal) e Temas da política internacional, além de uma antologia de contos de Ribeiro Couto, de quem foi amigo, com organização e apresentação suas – reúne aqui uma bela coleção de perfis de figuras importantes do período imperial brasileiro. Com seu estilo claro e irreveren-te, este intelectual íntimo dos arquivos nacionais e estrangeiros traz para o público uma obra que se lê com gosto, tal a riqueza de informações que contém, e que vem enriquecida por um belo caderno de fotos de 16 páginas.

Vasco Mariz
256 pgs
R$39,90
A Cidade do Rio Grande

Para esclarecer como se formou a civilização rio-grandense, o jornalista Willy Cesar percorreu conteúdos de história, paleontologia, arqueologia, administração pública, política e eleições, guerras e táticas militares, religiosidade,  assistên-cia social, comércio e indústria, agricultura, gastronomia, urbanismo e saneamento, arquitetura, engenharia civil e naval, educação, cultura, artes e ofícios, esportes de remo, vela, futebol, basquete, atletismo e outros, turismo e eventos, meio ambiente, medicina e saúde, justiça, crime e castigo, jogos de azar, modais de transportes, comunicação social, lendas urbanas – enfim, quase nada escapou. Este livro, de conteúdo e estética essencialmente jornalísticos, é uma grande – e excelente – reportagem sobre Rio Grande e sua população.

Willy Cesar
540 pgs
R$63,90
O livro da magistratura – em verso e prosa

Eis aqui uma antologia diferente, que reúne poemas e textos em prosa de 44 autores, magistrados e magistradas, além de seus filhos, cônjuges e parentes, abrangendo várias gerações. Idealizada e organizada pelo juiz e poeta Antonio Ventura, vem enriquecida por ilustrações a cores do artista plástico Marcos Irine e apresentação do presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), Jayme Martins de Oliveira Neto.

Vários autores
230 pgs
R$39,90
A invenção republicana / Campos Sales, as bases e a decadência da Primeira República brasileira

Apontado por mestre Antonio Candido como ”um dos estudos mais penetrantes (...) sobre o mecanismo político da República Velha", este livro ganha em 2015 uma terceira edição, revista e com mais 100 páginas, além de prefácio do jurista Celso Lafer.  Para Angela Alonso, professora da USP e presidente do Cebrap, trata-se de obra “indispensável para quem deseja entender os dilemas e impasses do início da República” . Doutor em Filosofia, Danilo Marcondes ressalta que Renato Lessa compôs uma “análise histórica e política que desfaz alguns dos mitos mais centrais de nossa tradição”.

Renato Lessa / Prefácio de Celso Lafer
335 pgs
R$47,90
O reconhecimento do Império – História da diplomacia brasileira

Lançada em 1901, esta obra fundamental da historiografia nacional só agora, 114 anos depois, ganha segunda edição. Autor de outros quatro livros publicados pela Topbooks – Dom João VI no Brasil, Formação da nacionalidade brasileira, O movimento da Independência e No Japão / Impressões da terra e da gente – o historiador e crítico pernambucano Manuel de Oliveira Lima (Recife, 1867 – Washington, 1928), membro da Academia Brasileira de Letras,  foi embaixador do Brasil em vários países  e era admirado pelo conterrâneo Gilberto Freyre, que o chamava de “Dom Quixote gordo”.  A nova edição ganhou textos dos historiadores Leslie Bethell (prefácio) e Mary del Priore (apresentação).

Oliveira Lima
224 pgs
R$43,90
As 7 pragas do Brasil moderno

Depois de discorrer sobre a inveja, o ódio e a importância da vocação no desenvolvimento do ser humano, em três livros de sucesso lançados pela Topbooks, o jornalista, advogado e empresário Joaci Góes afina sua verve na análise dos principais problemas brasileiros: educação, saúde, segurança, corrupção, impunidade, infraestrutura e pluripartidarismo. No prefácio, o ministro aposentado do STF Carlos Ayres Britto qualifica o autor de “agudo analista da cena institucional cotidiana”.  Para José Nêumanne Pinto, “se for incapaz de entender o recado incômodo expresso neste livro, o Brasil será também uma causa perdida”.

Joaci Góes
130 pgs
R$34,90
Minhas recordações

O político mineiro Francisco de Paula Ferreira de Rezende ( 1832 – 1893) foi ministro do Supremo Tribunal Federal e vice-governador de Minas Gerais.  Publicou dois livros – O Brasil e o acaso e O julgamento de Pilatos, ou Jesus perante a razão e os Evangelhos – e deixou outros dois prontos ao morrer, um deles este encantador livro de memórias   que Octavio Tarquínio de Sousa , no prefácio à primeira edição  (1944), chamou de “documento de excepcional valor acerca da vida social e de família, dos costumes, das tradições, de tudo que é mais característico do Brasil e, particularmente, de Minas Gerais, entre os anos de 1830 a 1890”. Esta segunda edição ganhou novo prefácio da historiadora Mary del Priore.

Francisco de Paula Ferreira de Rezende
508 pgs
R$68,90
Três Peças (Minna von Barnhelm / Emilia Galotti / Nathan, o sábio)

Com organização, tradução e posfácio de Marcelo Backes, doutor em germanística e romanística pela Universidade de Friburgo, Alemanha, este livro reúne três obras-primas do grande representante do Iluminismo alemão Gotthold Ephraim Lessing (1729-1781).  A primeira peça, de1763, é uma comédia; a segunda  (1772) uma tragédia, e a terceira (1779) um poema dramático, todas divididas em cinco atos. Para Otto Maria Carpeaux, Lessing foi “o maior crítico literário do século XVIII”.  Heinrich Heine vai além, e afirma: “É notável que o homem mais chistoso da Alemanha tenha sido também o mais honrado”.

Gotthold Ephraim Lessing
509 pgs
R$72,90
A História vivida - Entrevistas
“A história recente do Brasil contada, em entrevistas, pelos que nela ocuparam posição de destaque, seja pela sua ação, seja pelo seu pensamento, ou por ambos – políticos, sociólogos, economistas, militares, empresários, sindicalistas, cientistas, escritores, juristas, religiosos. Em outubro de 1977, apresentamos esse projeto a Júlio de Mesquita Neto, diretor de O Estado de S. Paulo, que logo o aprovou e lhe deu apoio constante durante os mais de três anos que durou o trabalho”. Começa assim o texto de apresentação de A História vivida, escrito pelo jornalista Lourenço Dantas Mota, seu coordenador, em janeiro de 2014, quando a Topbooks iniciou a produção desta segunda edição aumentada do livro, com quase 1.500 páginas.
Vários autores / Coordenação: Lourenço Dantas Mota
1.458 pgs
R$129,90
Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior

TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.

RUA VISCONDE DE INHAÚMA, 58 / SALA 203 - RIO DE JANEIRO CEP 20091-000
Copyright © Topbooks, 2003 -
É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

 

tags: EDITORA, EDITOR, LIVRO, LIVROS, AUTOR, AUTORES, EDIÇÃO, EDIÇÕES,
BIOGRAFIAS, MEMÓRIA, ENSAIOS, DICIONÁRIOS, HISTÓRIA, HUMOR, INFANTOJUVENIL,
JORNALISMO, LIBERTY CLASSICS, LITERATURA, LUGARES, POESIA, POLÍTICA, ECONOMIA, RELIGIÃO