WhatsApp:  (21) 98563-3713
COMPRAS      
 
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS

Topbooks 30 anos

A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados eBooks Como comprar Fale conosco Início do site
30livrosA10reais
CATÁLOGO REPORTAGEM
 
 
 
Instagram
 
WhatsApp:
(21) 98563-3713

UM SALTO DE QUALIDADE

Cecília Costa

"Para fazer bons livros, faço pacto até com o diabo”, afirma o editor José Mário Pereira, dono da Topbooks. Felizmente, este pequeno grande Fausto, leitor voraz de jornais e devorador noturno de obras sociológicas, filosóficas, biografias ou grandes romances, não precisou vender a alma a Mefistófeles e assinar com o próprio sangue um contrato que o levaria ao Inferno.

Foi salvo pelo gongo, ou seja, pela corneta divina ou pela mão estendida por um morto extremamente generoso: Pierre Goodrich, patrono do Liberty Fund, fundação americana criada nos anos 60 por este empresário milionário, proprietário da telefônica de Indianápolis.

Morto em 1973, Goodrich, que combateu na Primeira Guerra Mundial e viveu, após a Segunda Guerra, os tempos maniqueístas da Guerra Fria, temia as idéias coletivistas e considerava que a melhor maneira de combatê-las, em nome de seu ideário liberal, era editar clássicos de economia, política, sociologia e filosofia.

Uma boa formação acadêmica, segundo o educador idealista e empreendedor, estimularia o pensamento crítico e se tornaria a melhor arma americana contra o vírus do totalitarismo stalinista. Nos EUA, o Liberty, além de fazer colóquios para debater os rumos do mundo, o passado, o presente e o futuro da Humanidade, editou um catálogo de mais de 250 preciosos livros, base do pensamento liberal, que vão desde Adam Smith, passando por Benedetto Croce, Tayne, David Hume, Spencer, Benjamin Constant, Samuel Johnson, George Washington e outros presidentes, fundadores da democracia americana.

Em sua sede, o Liberty tem uma biblioteca alexandrina — o Goodrich Room — composta por clássicos da literatura e da História ocidental, que incluem, por exemplo, toda a bibliografia mundial sobre a vida de Jesus Cristo, as obras de Plutarco e de Tácito ou o “Beowolf”, poema épico inglês. No caso de muitos desses livros, fundamentais para quaisquer formações, não importando a coloração ideológica, os membros da nababesca fundação — seu patrimônio, cuja origem foi a fortuna do fundador, é da ordem de centenas de milhões de dólares — apóiam a edição, nos EUA, ajudando a distribuí-los em escolas e universidades.

Para os que conhecem um pouco a cabeça efervescente de José Mário, é possível perceber que a parceria entre o Liberty Fund e a Topbooks funcionou como sopa no mel, tão surpreendente é a identidade entre os interesses do editor brasileiro e os da instituição educativa criada por Goodrich. Impossível crer em coincidência. O encontro já estava marcado nas estrelas. Incumbida de encontrar no Brasil um bom editor para as obras financiadas pela fundação de Indiana, a gaúcha Rossana Zelmanovitz, mulher de Leônidas, gerente editorial do Liberty em nosso país, deu de cara numa livraria com a “Areopagitica” de John Milton, cuidadosamente editada pela Topbooks. E maravilhou-se, já que, entre os mais de 250 livros do acervo da entidade, encontrava-se justamente esta obra de Milton. Um segundo alumbramento de Rossana foi causado pela visão dos “Panfletos satíricos”, de Jonathan Swift, também editado pela Topbooks. Enfim, o Brasil tinha exatamente o que o Liberty Fund queria: Zé Mário Pereira. E com isso passa a ser o primeiro país do mundo, fora os EUA, a receber as doações da fundação para a publicação de livros.

Leia mais:

Um empresário apaixonado pelo liberalismo
Programa de co-edições já tem dez títulos

Caderno Prosa & Verso
O GLOBO

Rio de Janeiro
01/11/2003

Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior
TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.
Rua Visconde de Inhauma, 58 - Sala 203 - Rio de Janeiro - CEP 20091-000
Telefones: (21) 2233-8718 ou (21) 2283-1039
Copyright © Topbooks, 2003 - 2021 - É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização - Projeto QV